Empreender sempre foi resultante da busca de realizar ideais, concretizar sonhos. No começo, empreender resumia-se aos processos de manufatura e as iterações comerciais se baseavam no contexto das feiras locais, com o passar do tempo os processos de manufaturas foram substituídos por processos industriais e a iteração comercial, graças a produtividade alcançada, das feiras locais, passou a iteração comercial entre potências vizinhas, simploriamente o narrado acima, nos da uma pálida idéia, porém, ideal a compreensão geral do ato de empreender que precedeu o momento atual dos empreendimentos.

Hoje empreender e ter sucesso competitivo nos mercados corporativos, graças ao advento tecnológico em prol da informação, tais como, o computador, a Internet, requer a interação da empresa e colaboradores com sistemas de automação e das chamadas redes socias, como: Orkut, MSN, Facebook, Twitter (independentemente de porte físico e ramo de atividade da empresa).

No momento presente, empreender e fazer parte do mercado competitivo, indiferente aos processos de produção do produto, seja ele manufaturado, industrializado ou um serviço, exige estar em dia com a informação que é ferramenta a tomada de decisões e substancia primaria das estratégias que configuram a sobrevivência e crescimento da empresa, é primordial, alinhar as atividades da empresa com a automação da gestão empresarial e inserções nas redes socias, que garantem o ferramental necessário para tratar com as informações, que é a força motriz que move as empresas atualmente.

Pensar atualmente em gestão manual e ausência nas redes socias da empresa é inviável, além de ser uma praticada nociva e suicida do empreendedor, estamos inseridos no século da informação, da tecnologia em prol a informação, e esse contexto, requer dos empreendedores, que seus empreendimentos sejam automatizados e imersos nas redes sociais.

São muitas as vantagens (necessárias) de adotar uma postura pró-tecnologia ao empreendimento, automatizando a gestão empresarial, têm-se como resultado um controle e retrato mais preciso da empresa, tais como, saber quais são os clientes, os fornecedores, quais os produtos mais comercializados, os clientes já fidelizados, e os haveres e deveres monetários, da empresa, o controle dessas informações é imprescindível a empresa, e a forma manual de gestão empresarial torna inviável a obtenção satisfatória dessas informações.

Vamos ressaltar aqui que o mundo esta conectado nas redes sociais, e que com a Internet, as praticas comercias são globais, o mundo é o limite para prospectar clientes através da rede, empreendedor insira o seu empreendimento nas redes sociais, mostre-se ao mundo.

Todavia, vale frisar, que garantia de sobrevivência e sucesso no contexto global que estamos inseridos, somente é alcançado com o empreendimento automatizado e ativamente interagindo com as redes socias. Pense nisso, caro leitor! Voltaremos a falar sobre essa temática tão recorrente brevemente.

× How can I help you?